quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Como fazer um Culto Jovem(JA) diferente?

Planejando um excelente Culto Jovem(JA)


Para eliminar as conjeturas e confusões na hora de planejar um bom Encontro JA, a pessoa ou as pessoas responsáveis podem começar colocando em prática os 3 passos seguintes, pelo menos dez dias antes da programação. Os passos são simples, mas certamente ajudarão a alcançar o sucesso, com pouco trabalho e alguma originalidade.

1. Oração

Antes da seleção final dos materiais e partes para sua reunião J.A, ore por orientação divina, ao estabelecer:

a) propósito do programa;

b) sua forma e conteúdo;

c) Os participantes.

2. Propósito

a) Qual é a necessidade mais urgente ou problema que os jovens que virão ao programa, estão enfrentando no momento?

b) Como podemos suprir essa necessidade? Quando os que estão à frente conseguem definir as respostas a estas duas perguntas, estarão atingindo o alvo do programa que estão preparando. Faça do proprósito a “linha de chegada” e conduza todo o programa (inclusive músicas) para atingi-la. Isso é importante e fundamental.

3. Programa

a) É o programa que constrói ou destrói uma reunião ou culto JA. Para tornar seu culto JA vibrante, interessante , dinâmico e atual. ( Projeto Vida), Lembre-se:

* Faça de Cristo o centro de toda a reunião

* Os programas sempre devem variar

* Longas pausas dentro do programa “matam” a reunião

* Apesar do propósito e Tônica espiritual serem os principais fatores determinantes, não devemos ignorar a necessidade de tornar as reuniões tão atraentes, interessante e animadas quanto o possível.

b) Cada programa deveria ser diferente dos outros, embora algumas características sejam comuns a todos. Todo programa deve conter:

*Hora da Bíblia – leitura Bíblica

* Hora do Incentivo – Concurso Bíblico rápido com prêmio para I vencedor.

* Hora do Louvor de incentivo – Dois ou Três cânticos congregacionais

* Hora do testemunho – Breve relatório missionário feito por um jovem ou pela igreja.

* Hora de Oração – Uma ou duas pessoas; ou dois em dois, por pedidos específicos.

* Hora da Mensagem – Um boa apresentação do tema. Além destes módulos, deve-se ter uma ou duas musicas espaciais e

recitação de um ideal JA.

c) Terminar a reunião quando estiver no seu ponto alto. Não permita que o público se retire com uma atitude de frustração. O fim do programa deveria ser o seu clímax.

II. Requesitos básicos para um culto de sucesso

1. Definir um tema

Deve sempre haver um motivo para se realizar uma reunião, ou a mesma não deveria acontecer. De maneira muito freqüente o programa JA funciona como um carrossel, com todos girando numa roda viva de atividades; quando o programa termina, percebemos que não chegamos a lugar algum, a despeito de toda agitação.

2. Planejar

Boas reuniões não acontecem por acaso. As boas reuniões são planejadas, e requerem tempo e esforço. Tenha cuidado com o JA tipo “caldo de cana”- feito e servido na hora. E ainda com o “Espada” longo e chato.

3. Publicidade

Se nosso Encontro ou culto JA merece ser assistido, é importante anunciar a todos sobre ele. Às vezes não entendemos porque os jovens não vêm à reunião – talvez não lhes tenhamos anunciado. Constantemente ouvimos o anúncio: “Culto JA hoje à tarde como de costume”. Se não temos nada mais para falar sobre o assunto, seria muito melhor não dizer nada. Melhor publicidade significa melhor assistência. Ovo de pata é muito melhor que o da galinha, no entanto o mais comercializado é o da galinha, porque? Porque após botar o ovo a galinha divulga.

4. Esforço

Nenhum time de futebol ou voleibol ganhará um campeonato sem dispensar esforço. O sucesso vem somente através de árduo trabalho. Nos esportes, o treinador não faz todo o trabalho. Cada membro do time trabalha, e trabalha duro, ou não ficará muito tempo no time. O sucesso de sua reunião JA virá somente se nós estivermos dispostos a pagar o preço: trabalhar duro.

5. Ensaio

1. Agora que os primeiros passos foram tomados, estabeleça um horário e local de ensaio – pelo menos uma semana antes da reunião. Explique a cada um a sua parte, supervisione a propaganda, e poupe o suor e as lágrimas dos emprevistos de última hora dos encontro JA de sexta à sábado à tarde. Telefone e avise os envolvidos na programação imediatamente, e passe-lhes as informações necessárias.

2. A experiência tem comprovado que as reuniões bem ensaiadas são as melhores. Uma hora gasta em ensaiar uma reunião antes de sua apresentação fará maravilhas em burilar os programas e revelar as imperfeições. Além disso, o ensaio leva cada um se sentir à vontade, permitindo ao organizador a oportunidade de fazer sugestões para melhorar.

III. Realização de um exelente JA

1. Participação

a) Nenhuma reunião JA irá sobreviver por muito tempo se o responsável é o único que toma parte, ou ainda se o mesmo grupinho de 3 ou 4 jovens participa todas as semanas. As melhores reuniões são aquelas onde muitos jovens participam e o líderes JA têm certeza de que cada membro desempenha alguma parte nas programações

b) A pergunta é : Quem vai fazer o quê? Resposta- Defina quantos participantes serão necessários para o sucesso do programa. Use os “Valentões” e os sempre mais dispostos sempre que seja necessário, mas procure dar a tantos outros quanto possível, uma chance de participar.

c) Use Basicamente a juventude para participar.

d) Instrua os participantes quanto ao que se espera deles:

• Torne uma regra rígida e inalterável que aqueles que participarem de qualquer programa, sentem-se a frente, ou na primeira fila dos bancos, ou na plataforma conforme indicar a diretoria.

• Cuidar para que não haja esforço de tempo vazios depois da introdução.

• Não deixar para afiar instrumentos musicais durante a reunião.

2. Pontualidade

Somos da opinião de que a escola é importante, nosso trabalho é importante, nossos compromissos com amigos são importantes. E quanto ao nosso encontro com o Senhor, também é importante?

a. Começar em tempo – As boas reuniões começam em tempo com todos os membros presentes. Ao virmos para o Culto JA para nos encontrarmos com o Senhor, é justo deixá-lo esperando?

b. Encerrar na hora marcada – Algumas reuniões deveriam terminar antes que alguém sinta que é hora de interromper para a oração final. Ao cobrir todo o programa encerre o Culto JA embora possa parecer cedo. É melhor que a reunião seja curta e proveitosa, do que longa e cansativa.

3. Manter andamento

Um dos segredos para boas reuniões é “manter as coisas andando”. Não permita que ocorram quaisquer interrupções; ou que alguma parte da programação prolongue até que todos os presentes se sintam cansados ou entediados. Não permita que os assistentes tenham tempo entre as partes para adivinhar o que virá em seguida.

4. Variar a sequêcia das partes

Alguns Cultos JA são extremamente desinteressantes e desanimadores. Uma das principais razões é que caímos numa rotina repetitiva e dasanimadora. Duas coisas devem ser feitas:

a) Variar a seqüência das partes: As possibilidades para uma ordem variada dos diferentes aspectos da reunião é praticamente ilimitada e deveria ser levada em consideração por todos os que planejam as reuniões da Sociedade de Jovens Adventistas semana após semana.

A verdade, pelo simples fato de variar, não é razão suficientemente válida para gastar tempo e energia em lográ-la, mas quando se pode introduzir a variedade por razões legítimas – tais como aumento de assistência, despertar novo interesse, aumento do impacto das verdades espirituais – então deveria ser empregada livremente. Para muitas Sociedades JA a mais corrente, e freqüente “repetição até o cansaço”, é uma ordem de reunião como a seguinte:

• Serviço de cântico

• Hino de abertura

• Oração

• Leitura Bíblica

• Anúncios e oferta

• Parte musical especial

• Mensagem

• Cântico

• Oração

Para uso ocasional, serve bem seu propósito, mas consideremos duas maneiras por meio das quais se pode dar colorido e tornar atrativa:

1. Variando a ordem dos elementos do programa.

2. Introduzindo nova variedade nas partes dos programa. Exemplo de Programas,Primeiro consideremos maneiras possíveis de variar a ordem das reuniões da sociedade JA, seja qual for. Aqui há várias sugestões:

Programa 1

Solo Vocal ( sem anunciar – planejado para criar um clima para reunião)

Hora do Louvor

Hora da bíblia: Leitura Bíblica

Hora do Informativo: Notícias e Anúncios

Hora do Testemunho

Hora da Oração

Hora da Mensagem ( várias oradores jovens)

Solo Vocal ( desafio musical final para levar a uma decisão)

Resumo do Conselheiro

Cântico

Oração

Programa 2

Hora da Bíblia: Leitura Bíblica ( sem anunciar, es escolhida para destacar ou assinalar o tema da reunião)

Hora do Louvor ( dois ou três hinos)

Hora da Mensagem: Apresentação de um problema( sugere e deixa se contestar um problema a ser considerado durante o período de discussão)

Hora do Louvor

Hora da Oração ( planejado para preparar jovens para um decisão logo em seguida)

Discussão do problema ( participação do Jovens)

Hora da Bíblia: Leitura Bíblica (várias passagens, lidas por diferentes jovem, lançando luz espiritual sobre o problema)

Resumo final do Conselheiro

Hora do Informativo: Notícias e Anúncios

Hora do Testemunho

Cântico de congregação

Oração

Programa 3

Entrevista surpresa ( com um missionário, obreiro de êxito, ou qualquer outro cuja atividade ou trabalho principal tenha que ver com o tema)

Hora do Louvor

Hora da Bíblia

Hora da Oração

Hora do Incentivo: Adivinhações Bíblicas( prêmios)

Hora do Informativo ( sobre temas atribuídos previamente, que ajudarão a preparar o grupo para a mensagem que virá)

Os dois minutos do conselheiro ( dar oportunidade para o conselheiro fazer introdução à mensagem)

Hora da Mensagem ( pela pessoa entrevistada no começo da reunião)

Hora do Testemunho

Música Especial

Oração Final

Programa 4

Surpresa (número instrumental especial, lição objetiva original). Que isto seja de grande interesse para os que chegaram “a tempo” fiquem contentes por não haverem chegado tarde, e os “retardatários” desejem ter chegado a tempo. Novamente, ligar este aspecto ao tema do programa da tarde.

Hora da Mensagem: Introdução ao tema

Hora do Louvor: Tempo de cantar

Música Especial

Hora da Bíblia: Leitura Bíblica

Hora da Oração: Tempo de Orar

Hino ( que leve ao ponto seguinte)

Hora da Mensagem: Diálogo

Resumo da Mensagem do Conselheiro

Hora do Informativo: Anúncios

Oração em Grupo

Programa 5

Poema ou Monólogo ( sem anuncia)

Hora da Mensagem: Introdução ao Tema

Hora da Bíblia e Hora do louvor – intercalados( ler um versículo ou hora da Bíblia para introduzir cada cântico )

Música ( duas ou três partes especiais curtas, vocais e/ou instrumentais). Anunciar este período musical, mas deixar que as diferentes partes aconteçam sem interrupção.

Hora do incentivo

Hora do Testemunho

Hora da Oração: Tempo de orar

Hora da Mensagem: Discussão ( mesa redonda, debate, painel)

Muitos do Conselheiro

Música Especial

Oração Final

Programa 6

Hora da Mensagem: Introdução ao Tema

Debatê-lo (idealizar uma série de perguntas para serem completadas pelos jovens no início do programa. Deve ser preparado com base para a mensagem da reunião).

Hora da Bíblia: Leitura Bíblica

Hora do informativo: Anúncios (tipo noticiário)

Hora do incentivo: Adivinhações Bíblicas ( com prêmios)

Hora do Louvor: Tempo de Cantar

Hora do Testemunho: Testemunhos centralizados no tema da reunião

Hora da Mensagem Diálogo

Resumo do Conselheiro

Solo Vocal

Cântico Congregacional

Hora da Oração


Fonte: Associação Central Sul Rio-Grandende(ACSR)

Um comentário:

  1. foi de Grande valia e reforça minha visão aprendiz sobre tal ministério.

    ResponderExcluir

Bate-papo pelo MSN, Jovem com PODER.

Um Chat criado p/ Jovens Adventistas de todo o Brasil, Adicione agora mesmo. É um MSN conectado 24hs por dia, E faça Novos Amigos Adventistas

group808619@groupsim.com

Novo Chat:

group1407658@groupsim.com